Academia de Ginástica – Agosto

Em Agosto não deixe de praticar exercício físico. A Academia de Ginástica funciona num horário mais reduzido (Piscinas e Pavilhão).

13668001_1052867474749445_5381259059576582360_o

Ginástica na VL – Conheça melhor o Prof. José Eusébio

José Eusébio trabalha na Varzim Lazer há cerca de 4 anos.
Com 27 anos, este professor é licenciado em Ensino Básico variante Educação Física e possui várias formações e workshops na área do fitness, alimentação, nutrição e suplementação desportiva, tais como, pilates; indoor cycling; crosstraining; hidroginástica; hidrobike; natação; treino funcional; personal trainer; instrutor de musculação e cardiofitness.
jose eusebio
José Eusébio leciona aulas de grupo na empresa municipal, nomeadamente, Crosstraining, Pilates e Indoor Cycling.

Pilates é um método de treino, desenvolvido no final do século XX pelo Sr. Joseph Pilates e concebido para tornar o seu corpo mais forte e estruturalmente mais eficiente. Joseph Pilates chamou a este método “Contrologia”, referindo-se à forma como o método requer o controlo completo do corpo pela mente.

José Eusébio considera que não existe um número predefinido de aulas para a prática de Pilates, uma vez que “há diversos fatores que podem influenciar esta questão”. Na sua opinião e tendo por base as pesquisas já realizadas, “o ideal seriam 3 vezes por semana; no entanto 2 vezes é muito bom. Se praticar uma vez é melhor que nenhuma, contudo os resultados serão mais lentos. Acima de tudo, a aquisição da consciência corporal; o alongamento; a flexibilidade e a melhoria postural são indiscutíveis”. O docente acrescenta ainda que “quanto mais regular e consciente for a prática de Pilates, mais rápido alcançará os resultados desejados”.

Este professor da Varzim Lazer aconselha que o treino semanal, além das aulas de Pilates, “deve ser complementado com outras atividades físicas, como por exemplo, atividades cardiovasculares (bicicleta, natação e corrida) com o intuito de atingir um trabalho harmonioso”.

A prática de Pilates traz imensos benefícios para a saúde e bem-estar. “A prática desta modalidade traz muitas vantagens para os utentes da VL, designadamente, o fortalecimento e alongamento do corpo; a correção da postura; o aprimoramento da coordenação, do equilíbrio e do alinhamento do corpo; o aumento da capacidade respiratória e da autoestima; a prevenção e redução de lesões; o alívio do stresse e de dores musculares e/ou articulares e o desenvolvimento do corpo e da mente de forma uniforme”, revela o professor.

José Eusébio explica que o Pilates pode ser praticado “pelos mais diferentes grupos, desde o super treinado ao sedentário; do idoso ao adolescente e das grávidas aos pacientes em fase de reabilitação, ainda podendo ser recomendado como condicionamento e prevenção de lesões para todos os indivíduos”. Para este docente, “qualquer pessoa pode fazer esta modalidade independentemente da sua condição física, salvo contraindicação médica, desde que sejam respeitadas as diferenças individuais e os princípios do treino desportivo. Entretanto, em virtude da exigência de concentração por parte do aluno durante a execução dos exercícios, não é recomendável que o Pilates seja praticado por crianças, que facilmente perdem a atenção e a concentração”.

Questionado sobre o facto de alguém pretender iniciar a prática de exercício físico, o professor adverte que “antes de tudo deve-se consultar um médico para aferir o seu estado de saúde. De seguida, procurar um profissional qualificado da área do fitness que, partindo do relatório médico e consequente avaliação física, vai orientá-lo a fim de alcançar os objetivos pretendidos e necessários ao seu bem-estar”.

José Eusébio afirma que a prática de exercício físico é essencial para a saúde: “hoje em dia não há desculpas para o exercício físico não fazer parte da rotina diária de cada um, dada a diversidade de escolha. Nunca se esqueçam que exercício físico é mais do que uma questão estética; exercício físico é saúde, bem-estar e um aspeto fulcral na sua vida. Semeie hábitos de vida saudável e colha saúde e felicidade”.

O docente confirma que a Varzim Lazer é uma opção de qualidade para qualquer pessoa fazer exercício, tendo em conta “as excelentes instalações; o profissionalismo e a aptidão da equipa de trabalho que está sempre ao dispor do utente na concretização dos seus objetivos”.
A nível pessoal, José Eusébio gosta de “estar com a família e os amigos; praticar desporto; ver futebol; viajar; trabalhar; comer e dormir”.
O professor preza “a amizade; o respeito; a sinceridade; a humildade; a responsabilidade; a dedicação e a organização”, sendo os valores pelos quais orienta a vida.

Ao longo da sua vida, José Eusébio esteve sempre ligado ao desporto, atletismo e futebol. No entanto, nesta fase em que se encontra, o docente confessa que “nos tempos livres, tendo em conta o volume de aulas e consequente desgaste físico, somente pratico musculação pois considero a base para uma boa condição física”.

O Gerês e as várias praias da costa portuguesa são os locais que mais aprecia para viajar dentro de Portugal. No estrangeiro, o professor gosta de visitar cidades com amplo património histórico, apontando Barcelona.
José Eusébio confessa que as pessoas que mais admira são: “mãe; pai; irmão e avó Ana que, apesar de falecida, continua a ser uma referência e um exemplo na minha vida”.

Em relação aos gostos musicais, o professor refere que “gosto de vários géneros musicais e escuto um pouco de tudo, dependendo do momento e da ocasião. Dedico uma percentagem do meu dia à música pois é uma ferramenta essencial na minha profissão. Nesta fase, destaco o kizomba como género de eleição”.

Para finalizar, José Eusébio gosta da comida tradicional portuguesa: “os diversos pratos de Bacalhau; Cozido à Portuguesa; Arroz de Sarrabulho; Arroz de Pato; Polvo à Lagareiro; Leitão e Rancho, em especial da comida confeccionada pela minha mãe. O meu prato de eleição é salmão grelhado acompanhado com brócolos, cenoura e ovo cozido”.

Ginástica na VL – Conheça melhor o Prof. Rui Garrido

Rui Garrido integra a equipa da Varzim Lazer há dois anos. Com 37 anos, este professor tem uma licenciatura em Educação Física e um mestrado em Promoção e Educação para a Saúde. Para além disso, Rui Garrido possui várias formações, das quais, Certificado Internacional Instrutor Nível Ouro pela Schwinn Fitness Academy; Certificado Internacional Funcional Training Coach; Hidroginástica; Trx; Trx-Rip; Bosu; Funcional; Purmotion; Personal Training; Futebol; Atletismo; Avaliação Física e Prescrição do Exercício.
professor rui garrido_1
Na empresa municipal, o docente leciona aulas de grupo da Academia de Ginástica, designadamente, Cycling local, Cycling e Crosstraining.
Rui Garrido viu nascer a Varzim Lazer, afirmando que a sua relação com a empresa é “muito própria”. “Quando a VL abriu ao público, desempenhava outras funções; passados alguns anos, solicitaram-me algumas substituições para aulas de Cycling, surgindo nessa altura o convite para fazer parte da equipa”, revela o professor.

Relativamente às suas aulas, Rui Garrido explica que no Cycling Local faz uma aula normal de Cycling durante 40 minutos, sendo que 10 são reservados para a parte local. No entanto, como refere o docente, “o tempo destinado à última parte da aula é bastante curto e, por isso, acabo por abdicar da localizada convencional, dando lugar a um trabalho em circuito. Este consiste em movimentos funcionais ou naturais, tendo em conta essencialmente a mobilidade e o core, em que utilizo apenas o peso do nosso corpo ou com pequenas cargas adicionais de fácil acesso”.

Já no Cycling, faz uma aula de 50 minutos de puro ciclismo, uma vez que “procuro transmitir a motivação necessária para percorrer um terreno pré-definido, por vezes, nada fácil”. Em relação ao Crosstraining, Rui Garrido procura não perder a base daquilo em que assenta esta modalidade: ginástica, powerlifting e endurance. Além disso, o docente refere que junta “os movimentos naturais como o rastejar, gatinhar, deitar ou levantar e ainda um pouco de proprioceção, que permite a manutenção do equilíbrio postural e a realização de diversas atividades práticas. Tudo isto resulta da interação das fibras musculares a fim de manter o corpo na sua base de sustentação. Toda esta variação em treino de alta intensidade”.

Rui Garrido leciona Cycling há cerca de 10 anos, aplicando o método Schwinn Cycling. “Este tipo de Cycling é um programa onde o instrutor, a música e a atmosfera de grupo mantêm homens e mulheres de todas as idades e capacidade física motivados, por uma melhoria da condição física e bem-estar. É um treino onde todos os participantes podem atingir os seus objetivos pessoais, que leva à melhoria da saúde cardiovascular sem impacto nas articulações”, esclarece. Para isso, o professor parte dos “objetivos pessoais” para realçar a importância que este método dá ao princípio da individualidade biológica. Rui Garrido acrescenta ainda que “na mesma aula podemos ter atletas de elite como iniciantes na modalidade. A frequência cardíaca toma um lugar de destaque, definindo assim as zonas alvo de cada praticante para cada aula”. Em modo de conclusão, o docente considera que neste método “é também muito importante a educação contínua que é disponibilizada aos instrutores SCHWINN, esta é o garante de uma aquisição vasta de conhecimentos científicos sobre o Treino Desportivo, levando grande profissionalismo a cada instrutor”.

Este profissional da VL confessa que o Cycling é “mais uma forma que encontro diariamente para promover a saúde de dezenas de alunos que vão passando nas minhas aulas. No entanto, não posso esconder uma grande paixão e interesse pela modalidade, o que fez com que progredisse ao mais alto nível de formação”.
Rui Garrido geralmente leciona as suas aulas à hora do almoço e à noite. Na sua opinião, a diferença que nota do público prende-se unicamente com a disponibilidade de horário que cada pessoa dedica ao exercício. “Não é entre horários que se nota a diferença entre público mas sim, entre público na mesma aula! Temos os que procuram um momento para socializar, para se divertirem ou ainda aqueles que pretendem treinar mais seriamente… sendo todos iguais, porque respeito o objetivo de cada um. Estes últimos têm o perfil que mais aprecio”, salienta.

No que diz respeito aos benefícios que a prática das suas aulas trazem para a saúde e bem-estar, o professor aponta: “melhoria da capacidade cardiovascular; coordenação motora; agilidade; velocidade; força de resistência; força explosiva; mobilidade e sobretudo muita funcionalidade”.
Para quem quer fazer exercício físico e até perder peso, o professor aconselha: “ter um controlo alimentar diário, associar a prática do exercício aos nossos dias, sem esquecer nenhum… sobretudo perceber que o exercício tem que fazer parte do nosso dia-a-dia, assim como é o dormir e o comer por exemplo. Não podemos pensar de outra forma, é a saúde que está em causa, é a qualidade de vida e a quantidade com qualidade de vida, não é o peso! Portanto, o conselho que deixo não é o que digo atrás, o conselho que deixo é: fazê-lo”.

Para este docente, a Varzim Lazer é uma opção para qualquer pessoa fazer exercício físico porque, “para além do exercício que promove diariamente nas suas instalações, apresenta uma oferta regular e alargada de atividades que privilegiam o contacto com a natureza, utilizando vários espaços”. Rui Garrido não tem dúvidas que a VL tem à disposição uma equipa de profissionais credenciados, pois “é aqui que a diferença se faz, nas pessoas”.
A nível pessoal, “aquilo que mais aprecio é viver”, afirma Rui Garrido. Para além disso, orienta a sua vida como uma pirâmide, em que “na base tenho o Fazer, o Ter e o Estar, e no topo o Ser”.
Neste momento, o docente dedica-se somente ao desporto durante o trabalho. Contudo, quando tinha tempos livres, Rui Garrido pedalava; conduzia 4×4; cultivava e criava animais.
No estrangeiro, o professor aprecia a Áustria para viajar. Em Portugal, destaca o Alentejo (costa vicentina) e o Gerês.
Quanto às pessoas que mais admira, Rui Garrido confessa que são as “mães”.
O docente afirma também que “gosto de todo o tipo de música; aliás, no meu trabalho, tenho de colocar vários géneros musicais para abranger todas as pessoas”.
Sobre gostos gastronómicos, Rui Garrido afirma: “até há bem pouco tempo, quando me lançavam essa questão, respondia: toda menos lampreia, hoje digo: toda”.

Ginástica na VL – Conheça melhor a Prof. Rita Mano

Há 4 anos a integrar a equipa da Varzim Lazer, Rita Mano é licenciada em Educação Física e Desporto, possui algumas formações na área do fitness, nomeadamente, cycling, jump, pilates, trx, localizada e na área da nutrição e suplementação desportiva.
É uma das profissionais que orienta as aulas de grupo da Academia de Ginástica, das quais, Pilates, Cycling, Jump e Push Power.
professora rita mano
Rita Mano leciona vários tipos de aula na empresa municipal, confessando que resolveu apostar na diversidade de modalidades, na medida em que “as oportunidades foram surgindo com o passar do tempo e desta forma fui aceitando novos desafios”.
A professora revela que a modalidade Cycling surgiu na sua carreira, uma vez que “entrei na Varzim Lazer para substituir um professor de forma a assegurar as aulas que dava na altura”.

Rita Mano afirma que Jump e Cycling assemelham-se entre si pelo facto de serem treinos cardio respiratórios, em que “se trabalha essencialmente a parte inferior do corpo (abdominal e perna)”.
No que diz respeito às vantagens de praticar Jump, a docente refere: “é ótimo para quem deseja perder peso, por cada aula de 50 minutos podemos perder em média 500/600 calorias. Além disso, trabalha-se muito os membros inferiores (perna/glúteo) e o abdominal, sendo este solicitado durante grande parte do treino.

Esta modalidade é também profícua para as meninas que pretendem perder as gorduras localizadas (celulite) ”. É de salientar que o Jump tem algumas restrições, especialmente, “nas mulheres grávidas, em qualquer tipo de gestação e nas pessoas com instabilidade articular e desequilíbrios do ouvido interno”, revela.
No caso de Pilates, os objetivos que a professora propõe aos utentes são bastante diferentes. Rita Mano considera que “Pilates é um método que oferece um programa de exercícios que reequilibram o corpo, melhorando a postura e podendo minimizar dores e desconfortos. Neste tipo de trabalho, temos a vertente de equilíbrio/força/coordenação e flexibilidade”.

Relativamente aos benefícios para a saúde e bem-estar, a docente afirma que ajuda muito na correção postural, justificando-se: “hoje em dia é cada vez mais frequente vermos pessoas a queixarem-se com dores nas costas. Neste tipo de modalidade, damos grande ênfase ao reforço abdominal e lombar. No fundo, a finalidade de Pilates é, de uma forma harmoniosa, combinar diferentes exercícios controlados pela respiração”.

Rita Mano acrescenta ainda que, a nível psicológico, a concentração no exercício permite “aos praticantes esvaziar a mente, elevando-se a um estado de espírito único de forma a fugir ao stresse do dia a dia”. Para esta professora, a prática de Pilates é um bom aliado contra o stresse porque “ajuda a libertar tensões e ensina a respirar adequadamente, sendo um fator fundamental para uma pessoa se desligar de todos os problemas quotidianos”.

Em relação aos resultados de praticar Pilates, a docente confessa: “traz mais tonificação muscular; melhor flexibilidade e amplitude de movimentos; postura mais ereta; prevenção de lesões e, aliado à fisioterapia, tem mostrado ótimos resultados na recuperação muscular”. É de referir também que qualquer pessoa pode praticar esta modalidade, seja qual for a idade, o nível de condição física ou a limitação de movimentos.

O conselho que a professora dá a alguém para perder peso é fazer exercício no dia-a-dia, explicando que ”com o avançar da idade vamos perdendo massa muscular, tonicidade, flexibilidade, ora se formos atrasando esse processo só temos a ganhar qualidade de vida. Defendo que um trabalho de cardio aliado a um de força apresenta ótimos resultados na perda de peso”.

Rita Mano não tem dúvidas que a Varzim Lazer é uma opção de qualidade para qualquer pessoa fazer exercício, pois “apresenta profissionais excelentes; o espaço físico possui todo o equipamento necessário e as infraestruturas são excelentes para a prática da atividade física”.
No âmbito pessoal, a professora aprecia a “simplicidade das coisas”.
“Respeito”, “dedicação” e “amizade” são os valores pelos quais se orienta na vida.

Nos tempos livres, Rita Mano dedica-se ao desporto, “fazendo Trail sempre que posso”.
Os Açores é o local que mais aprecia para viajar. A docente confessa também que adora ir à praia.
“A minha mãe e os colegas com quem trabalho são as pessoas que mais admiro”, declara.

Quanto ao género de música preferido, a professora aponta o rock destacando os grupos: AC DC, Metallica, Skunk Anansie e Queen.
Para finalizar, Rita Mano gosta de Sushi, comida chinesa e portuguesa. O Marisco é o seu prato predileto.

Houve muita diversão na festa de Carnaval da VL

Foi muito divertida a Festa de Carnaval, no Pavilhão Municipal, com a mega aula promovida pela Varzim Lazer, na última segunda-feira, às 19h00.
Aula Carnaval VL conjunto
O público aderiu em força e com rigor. Cerca de 65 pessoas foram fazer a aula fantasiadas de forma variada…havia abelhas, diabos, palhaços, presidiários, bailarinas, etc.
A aula especial aberta ao público, no Pavilhão Municipal, contemplou Zumba, Jump e Cycling. E foi um momento muito divertido em que o convívio imperou enquanto se praticou desporto, com muito boa disposição e muita alegria.

(Fotos de JC Marques/CMPV)

Carnaval é com a Varzim Lazer!

É no próximo dia 16, pelas 19h00, que a VL promove a festa de Carnaval.
A exemplo do que os utentes já se habituaram, a VL promove uma aula especial aberta ao público, no Pavilhão Municipal, com Zumba, Jump e Cycling.
Muita cor e alegria são os principais atrativos. Só pedimos que apareça fantasiado a rigor e com vontade de se divertir enquanto faz exercício!
Não se esqueça de se inscrever nas receções da Varzim Lazer: Piscinas e Pavilhão.

cartaz_Carnaval 0215_2 (2)_site

Ginástica na VL – Conheça melhor a Prof. Inês Santos

A professora Inês Santos tem 32 anos e trabalha há cerca de 6 na Varzim Lazer. Licenciada em Educação Física pela Universidade do Porto, esta profissional orienta as aulas de grupo da Academia de Ginástica, nomeadamente, Circuito, Fusão e Cycling.
prof. ines
Inês Santos explica o conceito das suas aulas. Circuito consiste “num treino funcional, em que cada aluno trabalha por estações e faz os exercícios que cada estação exige, rodando consoante o tempo estipulado”. Nas aulas de Fusão, a docente confessa que é dada muita liberdade de escolha, na medida em que “o professor faz o que entender com a aula, ou seja, tem a possibilidade de variar os exercícios, não sendo uma aula muito específica”, salienta.

Inês Santos refere que os principais objetivos de praticar as suas aulas incidem, de uma forma generalizada, “nos grandes grupos musculares, e também no treino cardiovascular”. Acima de tudo, “pretendo fazer uma aula completa, baseada na fusão de exercícios de variados métodos de preparação física, dos quais treino funcional, alongamentos, flexibilidade e localizada”. Já o Cycling é uma divertida aula de grupo praticada numa bicicleta especialmente desenvolvida, que permite ao aluno facilmente ajustar a resistência ao seu nível de treino. “Ao som da música, utilizo técnicas específicas, simulando diferentes percursos, como subida e descida de ladeiras, situações de terreno sinuoso e obstáculos”, esclarece.

A professora aplica o Cycling Strech durante as suas aulas: “faço uma aula normal de Cycling. Na parte final, há um trabalho mais aprofundado de alongamentos, de mobilidade articular”.

O Cycling foi uma aposta recente na sua carreira, enaltece a docente, “o professor João Moreira propôs-me fazer estas aulas e eu pensei logo que ia gostar muito. De facto, é isso que verifico”. Em modo de conclusão, Inês Santos afirma que “até ao momento sinto-me bastante satisfeita a exercer três modalidades diferentes na Varzim Lazer”.

No que diz respeito às vantagens de praticar as suas aulas para a saúde e bem-estar, a professora aponta: “perda de imensas calorias; tonificação do corpo; aumento da resistência cardiovascular e, ao mesmo tempo, o aprimoramento da condição física”.

Questionada sobre o facto de alguém pretender perder peso, a professora defende que se deve praticar exercício físico o maior número de vezes possível. Além disso, Inês Santos aconselha que uma pessoa deve focar o seu treino na força, alternando com o treino cardiovascular. A docente considera ainda que “a pessoa tem de ter uma alimentação cuidada e adequada ao exercício que está a fazer. No fundo, não é deixar de comer, mas ingerir de uma forma moderada os alimentos certos”.

Inês Santos concorda que a Varzim Lazer é uma opção de qualidade para qualquer pessoa praticar exercício uma vez que “apresenta umas instalações ótimas, numa zona bem localizada da cidade”. De acordo com esta professora, o ponto forte da Varzim Lazer reside no facto dos utentes poderem usufruir de um leque variadíssimo de opções e modalidades de desportos que estão à sua disposição em todas as vertentes da empresa municipal. Inês Santos salienta que o corpo docente é muito profissional, acrescentando ainda que “trabalho aqui há já algum tempo, e pela experiência que tenho, posso constatar que o trabalho dos meus colegas é excelente”. Outro aspeto que realça é a Varzim Lazer ter o cuidado especial para que as expetativas dos utentes sejam superadas.

No domínio pessoal, a docente gosta imenso de viajar e aproveitar a vida. Para além disso, Inês Santos confessa: “gosto de sentir que estou a dar o meu melhor a nível profissional. Sentir que realizo um trabalho competente”.

“Respeito pelo próximo” e “verdade” são os valores pelos quais orienta a sua vida. “Nós enquanto professores devemos respeitar todos os que trabalham connosco, tanto utentes como colegas”, revela.
Inês Santos dedica a maior parte do seu tempo livre ao desporto. No entanto, afirma a professora, “também gosto de ir ao cinema, passear e estar com amigos”.

Para viajar aponta a Europa como o destino de eleição. De todos os países que visitou destaca Espanha, Itália e França. A América do Norte foi outro continente que a marcou bastante: “tive a oportunidade de visitar Nova Iorque e o México. Em relação à primeira cidade, sei que tenho de voltar lá. Adorei tudo aquilo que ela me proporcionou! Relativamente ao segundo, gostei muito das praias e do calor. Contudo, o que me cativou mais foram as pirâmides e as civilizações Maias”. Dentro de Portugal evidencia o Gerês; o Algarve e o Porto.

Inês Santos sublinha ainda que “a principal finalidade quando vou viajar é conhecer o estilo de vida das pessoas. Na verdade, quando chego a uma cidade gosto de ver o que ela me oferece e usufruir disso”.

Em relação às pessoas que mais admira, a professora reconhece os seus pais, “pelo exemplo que eles me deram e pela educação que me transmitiram”. A nível profissional, admira imenso “todos os profissionais da Varzim Lazer que na sua área são competentes”. E por fim, “admiro muito o meu marido; ele é espetacular”, revela Inês Santos.

Quanto ao género de música preferido, a docente prefere o Rock Pop, destacando os grupos: Coldpay, Florence and the Machine, Foo Fighters e U2.

Para finalizar, Inês Santos adora comida italiana, e mais recentemente descobriu o sushi.

Ginástica na VL – Conheça melhor a Prof. Manuela Costa e Silva

Manuela Costa e Silva trabalha há cerca de 6 anos na Varzim Lazer, encontrando-se a dinamizar a modalidade Yôga pelo segundo ano consecutivo.
professora Manuela Costa e Silva
Com 48 anos, esta professora é licenciada em Educação Física e possui um mestrado na área de desporto, recreação e lazer pela Universidade do Porto, entre outras formações em diferentes âmbitos: natação, ginástica sénior e Yôga.
O Yôga é “uma filosofia prática de caráter naturalista que tem um suporte teórico, o Samkhya. O yôga está associado a qualidade de vida e a tornar a sua existência descomplicada, fazendo que lhe dê prazer com alegria, saúde e bem-estar”, explica. No ginásio da Varzim Lazer, a professora leciona a prática que consiste em 4 partes: “os exercícios respiratórios; a limpeza das mucosas; o Ásana, exercícios de postura (que possuem um procedimento muito próprio e uma respiração adequada) e, no final, a técnica do relaxamento ou descontração”.
Manuela Costa e Silva aplica o metódo DeRose nas suas aulas. Para esta professora, é o método mais completo que encontrou até hoje e que lhe dá mais prazer praticar. Esta docente afirma que o método DeRose é “uma proposta de qualidade de vida, boas maneiras, boas relações humanas, boa cultura, boa alimentação e boa forma”. Acrescenta ainda que “algumas das nossas ferramentas são a reeducação respiratória, a administração do stresse e as técnicas orgânicas, conduzindo ao aprimoramento da descontração emocional e da concentração mental”. Manuela Costa e Silva aponta como principal vantagem do método DeRose, “o facto de ser individualizado, ou seja, o mesmo exercício pode ser feito em vários níveis e ninguém é prejudicado”, uma vez que “ os mais avançados executam o nível mais avançado e os iniciantes exercem o nível de iniciantes. Para além disso, está sempre presente o desafio constante de aprimoramento: tentar a cada instante fazer melhor e a cada prática evoluir mais”.
Esta modalidade praticada na Varzim Lazer distingue-se de outros tipos de Yôga por várias razões: “aprende-se múltiplos tipos de exercícios respiratórios; faz-se a limpeza das mucosas que fortifica e tonifica todo o core, bem como as mucosas dos olhos, fortificando os músculos oculares e o Ásana (exercícios de postura) que trabalha todo o corpo de forma vigorosa e consciente, tentando a cada dia tornar-se na melhor versão de si mesmo”.
A docente sugere ainda que “tem de se experimentar para perceber o conceito de Yôga, sendo esta uma atividade específica, muito completa e extremamente saudável”.
O Yôga tem um benefício muito importante, salienta Manuela Costa e Silva: “penso que nesta área vou conseguir aprender e evoluir até morrer, sendo uma satisfação enorme para mim”. Relativamente aos resultados, aponta: “nota-se um aumento enorme em termos de flexibilidade, da força, do tónus muscular e do bem-estar. Com as suas técnicas biológicas beneficia a coluna vertebral e os sistemas nervoso, endócrino, respiratório e circulatório. Além disso, traz um profundo relaxamento, concentração e tranquilidade mental”.
O Yôga que aplica nas aulas, através do método DeRose, é vocacionado “para pessoas jovens e saudáveis, dos 18 aos 100 anos, desde que comecem a praticar cedo”. Acrescenta ainda que “este método não é adequado para pessoas com problemas físicos. Além disso, não é aconselhável a pessoas com problemas de foro psicológico ou psiquiátrico”.
Questionada sobre o facto de o Yôga fazer bem ao corpo e à alma, a professora esclarece: “ é verdade porque trabalha nos planos do consciente e do inconsciente. Vamos absorvendo a cada prática, qualidades das posturas que vão sendo integradas na nossa personalidade, modificando os nossos padrões de comportamento e, consequentemente, tudo ao nosso redor. Esta modalidade trabalha o corpo e a alma em conjunto em cada momento da aula”.
A nível pessoal, o que Manuela Costa e Silva mais aprecia na vida é a “alegria” e “saborear cada instante como fosse o último”.
Os valores que orientam a sua vida são aqueles mais antigos, que os pais e avós lhe ensinaram: “a transparência; a liberdade; a honestidade; a sinceridade e a amorosidade”.
Além de fazer desporto, Manuela Costa e Silva dedica os seus tempos livres à corrida, à leitura e à natação.
A professora confessa que gostaria muito de conhecer “África para ver as grandes planícies e, também, a montanha onde vivem os gorilas”. Espanha, França e Brasil foram os países que a marcaram.
No que diz respeito às pessoas que mais admira, a docente refere: “aquelas que conseguem acordar com um sorriso, e ao final da noite estarem com esse mesmo sorriso todos os dias”.
Em relação aos gostos musicais, a professora prefere música clássica e jazz. “Nas minhas aulas gosto muito de pôr música Jazz. É uma paixão!”, afirma.
Em modo de conclusão, Manuela Costa e Silva elege como pratos prediletos o “alho francês à Brás, as lentilhas com chouriço de soja e a feijoada vegetariana”.

Ginástica na VL – Conheça melhor o Prof. Nuno Silva

Nuno Silva trabalha na Varzim Lazer desde 2004. Formado em Ensino Básico, variante Educação Física, este profissional de 34 anos de idade leciona aulas de grupo, nomeadamente Localizada, Abdominal e Combat.

prof. nuno silva_2

Combat é uma aula pré-coreografada baseada em diversos movimentos básicos de Artes Marciais. Os principais objetivos das aulas de Combat incidem no “aperfeiçoamento da função cardiorrespiratória; o desenvolvimento da coordenação motora, da força, da agilidade e da flexibilidade e o aumento da autoconfiança”, explica Nuno Silva. No que diz respeito às aulas de Localizada, o professor refere que “o principal intuito desta aula é a tonificação e o reforço muscular”. Já, a Abdominal possui as mesmas caraterísticas da aula localizada, embora “os exercícios sejam mais focados na zona abdominal”.

Falando especificamente no Combat, o docente exemplifica que tem uma grávida de 7 meses a frequentar as suas aulas: “esta utente tem um treino mais limitado, uma vez que, não podendo executar todos os exercícios, pratica um treino adaptado à sua condição. Isto mostra que qualquer pessoa está apta a praticar as minhas aulas, independentemente da idade e da sua condição física”.

Com 11 anos de percurso na Varzim Lazer, Nuno Silva aponta os benefícios que as aulas na Academia de Ginástica trazem para a saúde e bem-estar: “reforço muscular; melhoria do sistema cardiovascular, respiratório e osteoarticular; gasto calórico intenso”. Acima de tudo, acrescenta o professor, “o benefício mais importante que vejo espelhado nos alunos através das aulas é o aumento da autoestima. No fundo, as aulas de grupo possibilitam que a pessoa alivie o stresse do dia a dia, relaxe um pouco e socialize com outras pessoas, acabando por criar um ambiente familiar”. Nuno Silva sublinha que coloca “música nas aulas e os utentes ficam mais animados, contribuindo para que esqueçam os problemas da vida”.

Em relação aos conselhos a ter em conta para fazer exercício físico e, consequentemente perder peso, o docente afirma: “as pessoas têm de levar o exercício físico com rigor e disciplina, no mínimo 3 vezes por semana, e ao mesmo tempo, terem cuidado com a alimentação”. Em termos percentuais, o professor considera que, na procura da perda de peso, a atenção pela alimentação deveria ser de 70% enquanto a consideração com o exercício deverá andar pelos 30%, uma vez que “a pessoa tem de equilibrar as duas coisas”.

De acordo com este docente, a Varzim Lazer é uma “opção de qualidade para qualquer pessoa fazer exercício, pois tem umas infraestruturas excelentes. Já tive a oportunidade de trabalhar em mais de 10 ginásios da zona Norte e há poucos com as condições que este tem”. Nuno Silva salienta ainda que “a empresa municipal tem um leque de professores fantástico, tanto a nível de formação como de relacionamento pessoal. Os utentes que andam cá são sempre bem acompanhados”.

No âmbito mais pessoal, Nuno Silva aprecia a sua família: “a minha mulher e os meus filhos são os pilares para eu viver cada dia intensamente”. Por outro lado, adora fazer desporto e pratica-o todos os dias, caso contrário, “a sua vida não era a mesma”: é atleta de alta competição na categoria de remo e já foi campeão nacional várias vezes.
“Respeito”, “educação” e “disciplina” são os valores pelos quais se orienta na vida, confessa o docente, “tentando incuti-los aos meus filhos”.

Nos tempos livres, revela Nuno Silva, “pratico desporto, muito desporto…Às vezes vou ao cinema com os meus filhos ou dar uma volta a um parque”.
Para viajar aprecia muito a cidade de Caminha, no norte de Portugal, “onde tenho muitos amigos. Adoro esta cidade, é uma zona bonita que adoro frequentar. É o meu destino de eleição”, explica. No estrangeiro aponta o México, pelas “suas praias, pelo calor e pela cultura”.

Podemos ainda conhecer melhor Nuno Silva pelas pessoas que admira. Do seu círculo de conhecimentos, quem mais admira é a sua esposa, os seus pais e o professor João Moreira da Varzim Lazer. A nível desportivo, aprecia Steve Redgrave, campeão olímpico de remo.

Quanto aos gostos musicais, “não tenho nenhum género de música preferido. Gosto de ouvir um pouco de tudo. Aliás, nas minhas aulas coloco todo o tipo de música”.
Para finalizar, Nuno Silva elege a Francesinha do Porto como sendo o seu prato preferido.

VL com Atividades no Parque

A Varzim Lazer promove, no próximo dia 24, pelas 10h00, a iniciativa “Atividades no Parque”, que decorrerá no Parque da Cidade da Póvoa de Varzim.
Atividades no Parque_site VL
Os utentes terão oportunidade de fazer Cross Training, um treino funcional que se baseia em movimentos variados de intensidade elevada. O objetivo do Cross Training é preparar o atleta para o inesperado, para qualquer desafio que possa surgir.
Além disso, os participantes poderão praticar uma modalidade diferente: Tiro com Arco, um desporto olímpico baseado na habilidade, onde a concentração, a precisão, a força e a coerência são virtudes muito mais importantes do que a capacidade de resistência aeróbica, embora todas as componentes sejam determinantes para a melhor preparação física e mental.
No final, haverá um convívio com todos os participantes, podendo cada pessoa trazer um lanche para partilhar, a fim de retemperar as forças depois de uma manhã desportiva.
Os balneários do Estádio Municipal estarão disponíveis para todos aqueles que participarem nestas atividades, sendo a sua utilização gratuita.
Este evento é aberto ao público em geral. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas nas receções da empresa municipal.
Do que está à espera? Venha divertir-se e fazer exercício físico com a Varzim Lazer!